Virada da lua pode interferir nos partos de Sabrina e Isis Valverde: o que acontece?





O final de 2018 será cheio de emoções para Sabrina Sato e Isis Valverde. As duas artistas estão prestes a se tornarem mamães pela primeira vez e a contagem regressiva para o nascimento dos bebês já começou.

Com tempos de gestação quase iguais, não é impossível que elas tenham seus filhos em datas muito próximas e um fator comum entre elas pode influenciar diretamente nessa questão: a mudança da fase da Lua. Saiba como:

Gravidez de Sabrina Sato e Isis Valverde

Ao entrar na 39ª semana de gestação, Sabrina instigou seus seguidores no Instagram contando que tem ouvido muita gente dizer que precisa esperar a mudança da fase da Lua para que o nascimento de sua pequena Zoe aconteça.

“Só falta nascer. Tem uma bebê de 50cm aqui dentro. Mas agora é só esperar. Todo mundo tá falando pra mim que tem que esperar a mudança da Lua. Como funciona essa história? Alguém me explica por favor? Nascem mais bebês nesses dias? Me ajudem!”, questionou ela na legenda do post.

Curiosamente, quase ao mesmo tempo, uma seguidora de Isis também falou sobre a influência da virada da Lua no parto em uma postagem da atriz na rede social e deixou muita se perguntando se isso não passa de “coisa de vó” ou se o calendário lunar realmente impacta no nascimento de um bebê.

Influência da Lua no parto

Embora não haja nenhuma comprovação científica, muitos médicos e especialistas acreditam na tese de que a mudança da Lua pode, de fato, afetar no dia e na hora do trabalho de parto. Uma prova disso é que não é incomum que ocorra o aumento do número de partos em determinados períodos que coincidem com o calendário lunar.

De acordo com o ginecologista Sang Choon Cha, essa frequência maior na quantidade de nascimentos costuma ser mais notável na fase de Lua cheia. No entanto, a constatação desse fato não possui qualquer base científica ou comprovação oficial.

Uma possível explicação para isso seria a influência da Lua sobre quase tudo na natureza. A especulação é de que o satélite poderia fazer o líquido amniótico empurrar o bebê, em um processo físico semelhante ao de elevação das marés. Desta forma, haveria uma indução das contrações do útero, levando a mulher ao trabalho de parto.

Além disso, acredita-se que essa influência lunar não se limita somente à fase de Lua cheia e que pode atingir todas as mulheres que já estão perto de parir. Algumas crenças populares indicam que, durante a fase da Lua nova, acontecem partos rápidos e descomplicados. Já na fase da Lua minguante, há quem diga que é quando acontecem menos partos ou partos muito demorados.

Coincidentemente, Sabrina Sato e Isis Valverde irão completar 40 semanas de gestação quase na . Será que a crença irá se confirmar em dose dupla? Acreditando ou não, vale ficar de olho no calendário lunar durante a reta final da gravidez – nunca se sabe, não é mesmo?

Sensações da reta final da gravidez

(Visto em Vix)








Compartilhe!