Maíra Charken revela luta para emegrecer 4 meses depois de parto: “Tenho vontade de socar o espelho”





Maíra Charken deu um relato sincero sobre as questões do pós-parto nesta quarta-feira, 7.

Quatro meses após o nascimento de Gael, fruto de seu casamento com Renato Antunes, a atriz contou que "enxugou bem" após começar a amamentar, mas que se descontrolou com a alimentação.

"Os quilos a mais na gravidez me foram super bem-vindos, fui muito feliz vendo meu corpo se transformando (em bola). Logo no pós-parto, enxuguei bem, perdi a barriga e os quilos extras, até que veio a amamentação. Tem gente que seca? Tem! Mas tem gente que sente uma fome monstra nessa fase e perde toda maturidade perante a comida. Esse cara sou eu!", confessou Maíra.

A apresentadora contou que está com dificuldade para retornar ao seu peso normal e que tem vontade de socar o espelho quando se vê. "Hoje, 4 meses após meu parto, sinto a dificuldade do tão sonhado retorno. Tenho minha prioridade máxima chamada Gael e a ele me dedico 100%, incluindo abdicar das horas que gastava com meu corpo. Tem hora que vou pro espelho e tenho vontade de socar, mas uma combinação de auto-estima, informação e muito amor me faz entender que agora não é hora pra me preocupar com isso!", explicou.







Maíra ainda deixou um alerta para as mamães procurarem um especialista caso estejam vivendo uma depressão pós-parto. "Tenho recebido tantas mensagens de seguidoras infelizes, pedindo um help nesse pós-parto, tristes mesmo com seus corpos, que me deu vontade desse post. A gravidez e o parto mexem muito com nosso corpo! Nossos órgãos vão voltar a se alojar direitinho após 1 ano e olhe lá! Então, meninas, mãezinhas amadas, não se critiquem e não dêem ouvidos a quem as criticam. Vejam na saúde de seus filhos toda a satisfação do seu dia! E se a tristeza estiver insuportável, procurem um especialista, porque depressão pós-parto é coisa séria!", avisou.

 

Os quilos a mais na gravidez me foram super bem-vindos, fui muito feliz vendo meu corpo se transformando (em bola rs). Logo no pós-parto, enxuguei bem, perdi a barriga e os quilos extras, até que veio a amamentação. Tem gente que seca? Tem! Mas tem gente que sente uma fome monstra nessa fase e perde toda maturidade perante a comida. Esse cara sou eu! Hoje, 4 meses após meu parto, sinto a dificuldade do tão sonhado retorno. Tenho minha prioridade máxima chamada Gael e a ele me dedico 100%, incluindo abdicar das horas que gastava com meu corpo. Tem hora que vou pro espelho e tenho vontade de socar, mas uma combinação de auto-estima, informação e muuuuito amor me faz entender que agora não é hora pra me preocupar com isso! Tenho recebido tantas mensagens de seguidoras infelizes, pedindo um help nesse pós-parto, tristes mesmo com seus corpos, que me deu vontade desse post. A gravidez, o parto mexem muito com nosso corpo! Nossos órgãos vão voltar a se alojar direitinho após 1 ano e olhe lá! Então, meninas, mãezinhas amadas, não se critiquem e não dêem ouvidos a quem as criticam. Vejam na saúde de seus filhos toda a satisfação do seu dia! E se a tristeza estiver insuportável, procurem um especialista, porque depressão pós-parto é coisa séria! #Puerpério #PósParto #Amamentação #DepressãoPósParto #CorpoNoPósParto #babyboom #babyboomreal

Uma publicação compartilhada por Maíra Charken (@mairacharken) em

(Vimos em Caras)








Compartilhe!