Xuxa pergunta por que Ewbank não adotou uma criança no Brasil: entenda a razão





A atriz e apresentadora Giovanna Ewbank respondeu em um quadro do seu canal no Youtube uma pergunta de Xuxa sobre a adoção de Titi, filha da famosa com o ator Bruno Gagliasso.

Titi, como é carinhosamente chamada a menina Chissomo, foi adotada pelo casal em julho de 2016. Ela é natural do Malauí, país da África Ocidental, e Giovanna foi visitar o local a trabalho.

Desde então, Giovanna e Bruno têm levantado o debate sobre racismo, adoção e outros fatores inerentes à nova família que criaram.

Um deles é o questionamento a que a famosa respondeu: por que o casal não adotou uma criança no Brasil?

Adoção de Titi na África: entenda razão

No quadro "Pergunta dos Amigos" (veja vídeo abaixo), Giovanna Ewbank respondeu à Xuxa por que ela e o marido, Bruno Gagliasso, adotaram uma criança na África, e não no Brasil.

A famosa conta que, antes da viagem e de ver a Titi, não tinha intenção de adotar uma criança ou mesmo de ser mãe naquele momento. Foi só conhecendo a menina que ela se apaixonou "perdidamente por ela".

"Não tem como eu ir embora sem ela"

Pelos olhos dele…💗@brunogagliasso #amor #felicidade #familia #noronha

A post shared by Giovanna Ewbank (@gio_ewbank) on







"Ali, eu falei: ‘ela é minha filha, eu sou mãe dela e não tem como eu ir embora daqui sem ela’. Liguei pro Bruno e ele falou: ‘to indo para aí’. Lógico, se a gente tivesse pensado antes em adoção, a gente teria entrado na fila no Brasil", comenta no vídeo.

A apresentadora finaliza a resposta afirmando que não vê diferença se a família adota uma criança brasileira ou de outro país, porque o que importa é o amor.

"Para mim, não existe esse peso de adotar aqui ou lá. porque para mim ser humano é ser humano e amor é amor".

❤️✌🏿

A post shared by Bruno Gagliasso (@brunogagliasso) on

Leia o relato completo

"Eu não tinha pretensão de adotar e nem ter filho tão cedo. Eu fui fazer um trabalho no Malawi e em um dos lugares que eu fui eu conheci a minha filha e me apaixonei perdidamente por ela.

Ali, eu falei ‘ela é minha filha, eu sou mãe dela e não tem como eu ir embora daqui sem ela’. Liguei pro Bruno e ele falou ‘to indo para aí’.

Lógico, se a gente tivesse pensado antes em adoção, a gente teria entrado na fila no Brasil.

Mas, para mim, não existe esse peso de adotar aqui ou lá. porque para mim ser humano é ser humano e amor é amor. E o que eu senti pela Titi no momento em que eu vi ela, eu não tinha como fugir".


A atriz e apresentadora respondeu à pergunta de Xuxa no início do vídeo em seu canal no Youtube. Veja:

Titi, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso: tudo sobre a família

(Visto em Vix)








Compartilhe!