Marcos escreve carta aberta para Emilly: ‘Deus viu sim o que você fez’





Ao que parece, Marcos Harter não está nem um pouco feliz com a repercussão que sua passagem pelo Big Brother Brasil vem causando até hoje. Embora o médico tenha uma torcida muito grande e seja amado por muita gente, vários outros não gostaram nem um pouco de seu comportamento na casa mais vigiada do Brasil.

Parceiro da gaúcha Emilly, que acabou levou o prêmio na final, o participante foi expulso do programa após a #Emissora entender que o comportamento do rapaz não estava de acordo com a regras do reality show. Além disso, o médico teria agredido Emilly, acuando e ameaçando a garota algumas vezes em episódios diferentes, e mesmo com beliscões.

A repercussão das atitudes do médico acabaram levando a polícia até o programa, e a Rede Globo achou melhor tirá-lo da atração. Após deixar a casa, Marcos e Emilly não apareceram mais próximos um do outro. A ganhadora teria sido instruída por sua família a manter distância do médico. Ele, apesar de ter comparecido à final do programa, não a cumprimentou mesmo depois que ela deixou a casa como grande campeã.

Carta aberta

Através da internet, Marcos decidiu detalhar melhor sua visão de tudo o que aconteceu. E mais: segundo carta aberta publicada em seu perfil oficial no Facebook, a culpa por tudo o que lhe aconteceu não é de ninguém menos que Emilly.

Marcos começa sua carta se apresentando e avisando que foi "criado com princípios": retidão de caráter e compromisso com a verdade. Além disso, ele diz que sempre defendeu esses princípios durante toda sua participação no #BBB 17 e continuará a defender "pelo resto da vida".






Em seguida, ele diz que começa sua carta "chorando" e acha que muita gente também vai chorar ao terminar de ler o texto.

Os parágrafos seguintes citam um pouco do início do programa e também conta como ele encontrou Emilly pela primeira vez, ao lado da irmã gêmea Mayla: "Apesar de possuírem a mesma carga genética e, fenotipicamente, expressarem-se quase como clones, cada uma tem a sua alma, e aquela que vislumbrei ser a minha gêmea era a que tinha uma mancha na têmpora esquerda".

O médico continua contando outros detalhes, como o fato de que presenteava sua amada todos os dias com uma flor até que a produção do programa pediu para que ele parasse de arrancar flores do jardim.

Mais adiante, Marcos reforça que o prêmio não era o mais importante para ele, e reconhece ter cometido erros e ter pedido perdão por todos eles.

Ao voltar de mais um paredão, o médico diz que "começou a desconfiar" de sua parceira: "Você cometeu um dos seus maiores erros dentro do programa: ao ouvir minha torcida gritar: "É campeão!", passou a me ver como alguém que eu nunca tinha sido para você: um adversário".

Com isso, Marcos sugere que a gaúcha foi ao confessionário várias vezes para pedir que ele fosse tirado da competição e se defende das acusações de #agressão: "Deus viu sim o que você fez, e, aos poucos, as pessoas vão ver também. Considero essa uma das cenas mais tristes do programa: você acabava de acusar injustamente a pessoa que você dizia que tanto adorava!".

Emilly ainda não se manifestou sobre a carta aberta de Marcos. Confira o post na íntegra:






(Vimos em blastingnews.com)

Compartilhe!